Pochmann: terceirização acabará com o emprego púbico como conhecemos

"Até hoje havia concurso para funções finalísticas da administração pública, a partir de amanhã, não mais. Regressão  pré 1930 no Estado brasileiro", avaliou o economista responsável pela área econômica de Lula

Pochmann: terceirização acabará com o emprego púbico como conhecemos
Pochmann: terceirização acabará com o emprego púbico como conhecemos (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

247 - A aprovação da terceirização irrestrita para a atividade-fim, aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira (30) acabará com o emprego público como se conhece hoje. Esta é, ao menos, a avaliação de Márcio Pochmann do coordenador da área de economia do plano de governo do candidato do PT, Lula.

"Com a decisão do STF de liberalização geral e irrestrita da terceirização, o emprego público como se conhece está próximo do fim. Até hoje havia concurso para funções finalísticas da administração pública, a partir de amanhã, não mais. Regressão  pré 1930 no Estado brasileiro", sentencia o economista.

Os ministros decidiram autorizar a contratação de trabalhadores terceirizados por 7 votos a 4. O que muda com a aprovação da nova medida é que as empresas passarão a poder terceirizar as atividades-fim, enquanto anteriormente apenas as chamadas atividades-meio poderiam ser terceirizadas.  

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247