Sakamoto: reforma trabalhista segue propaganda enganosa

De acordo com o jornalista Leonardo Sakamoto, "o estelionato político da Reforma Trabalhista é algo do qual raramente se fala"

Sakamoto: reforma trabalhista segue propaganda enganosa
Sakamoto: reforma trabalhista segue propaganda enganosa (Foto: Dir.: Darren Ornitz - Reuters)

247 - "Baseado nos argumentos utilizados pelo governo Michel Temer, por deputados federais e senadores de sua base de sustentação e por associações empresariais para defender a aprovação da Reforma Trabalhista, hoje o país estaria em situação de pleno emprego", diz o jornalista Leonardo Sakamoto.

"Nas peças publicitárias, nos releases à imprensa, nas entrevistas em programas de TV, uma reforma removeria todos os 'entraves' para que uma torrente de leite e mel corresse pelo meio-fio das grandes cidades brasileiras. E para que unicórnios vomitassem arco-íris sobre as contas bancárias dos mais pobres", acrescenta.

O jornalista reforçou que, de acordo com matéria publicada nesta terça-feira (17) pelo jornal Folha de S. Paulo, "previsões otimistas apontavam a criação de 1 milhão de postos de trabalho com carteira assinada, em 2018, antes do ano começar". "Hoje, as previsões caíram para 20% disso", afirma Sakamoto, que faz um alerta: "o estelionato político da Reforma Trabalhista é algo do qual raramente se fala".

Leia a íntegra no Blog do Sakamoto 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247