Altamiro Borges: "transformar velório num palanque macabro mostra que Bolsonaro está muito desesperado"

"Diferentemente dos estadistas que eram Lula e Dilma, da forma que eram recepcionados, Bolsonaro virou motivo de isolamento. Isso acaba desmoralizando o Brasil", afirmou jornalista

www.brasil247.com - Altamiro Borges e Jair Bolsonaro
Altamiro Borges e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/Facebook | Clauber Cleber Caetano/PR)


247 - Em participação na TV 247, o jornalista e coordenador do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, Altamiro Borges, avaliou que a atitude eleitoreira de Jair Bolsonaro (PL) durante a viagem à Inglaterra para o velório da rainha Elizabeth II mostra o 'desespero' do chefe do Executivo brasileiro.

"Isso mostra que Bolsonaro está muito desesperado. Para fazer essa viagem e transformar um velório num palanque macabro, o cara está muito desesperado.
Afeta a imagem do Brasil no sentido de que esse infelizmente é o presidente que temos no país. Diferentemente dos estadistas que eram Lula e Dilma, da forma que eram recepcionados no mundo, o Bolsonaro virou motivo de isolamento. Isso acaba desmoralizando o Brasil. Vamos ter que reconstruir a imagem do país no mundo pós essa breve bolsonariana", afirmou o jornalista.

Altamiro mencionou as pesquisas de intenção de voto, que mostram Lula com larga vantagem na liderança, como motivo para o desespero do atual ocupante do Palácio do Planalto: "Ele está preparando o seu velório e espero que seja no xilindró. As pesquisas vão apontando que o tempo está chegando e ele não consegue bombar nas intenções de voto. Não consegue reduzir a rejeição. Possibilidade real de vitória de Lula em primeiro turno. O movimento que vem sendo feito, o que despertou o Bolsonaro, de voto útil em Lula em primeiro turno".

"Várias peças foram sendo movidas, como a reunião com ex-candidatos a presidentes, todos juntos com Lula numa grande frente para derrotar o fascismo. Movimentações no PDT e no MDB, ou seja, um esforço grande de resolver a eleição no primeiro turno, daí o desespero dele", concluiu o jornalista.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email