"Nós nunca defendemos as Farc", diz Celso Amorim

Ex-ministro de Lula, Celso Amorim afirmou que os governos petistas sempre defenderam “uma solução pacífica” ao conflito armado colombiano e criticou a reportagem mentirosa da Record que tentou ligar o PT ao narcotráfico

www.brasil247.com - Ex-ministro Celso Amorim
Ex-ministro Celso Amorim (Foto: Brasil 247)


247 - O ex-ministro e diplomata brasileiro Celso Amorim denunciou, em entrevista à TV 247, as acusações feitas pela Record contra o ex-presidente Lula, o PT e partidos de esquerda na América Latina. A emissora deu voz a uma militante da extrema direita espanhola que acusou a esquerda latino-americana de ser financiada pelo narcotráfico a partir do Foro de São Paulo.

Aliada de Eduardo Bolsonaro, Cristina Seguí, que é fundadora do VOX (partido que descende do franquismo - fascismo espanhol), afirmou, para a Record, emissora do bolsonarista Edir Macedo, que "o narcotráfico patrocinou partidos de esquerda na Europa e na América Latina", incluindo o PT e Lula. 

O dinheiro seria oriundo do comércio de substâncias ilícitas pelas FARC-EP, antigo grupo de guerrilha que se converteu num partido político institucional na Colômbia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ex-ministro das Relações Exteriores de Lula (PT), Celso Amorim, no entanto, destacou que o governo petista nunca defendeu as FARC. “Cansei de conversar [o ex-presidente da Colômbia, Álvaro] Uribe, e nós nunca defendemos as FARC”, afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Nós sempre dizíamos que deveria haver uma solução pacífica [ao conflito armado colombiano], mas respeitamos a decisão do povo colombiano expressa nas urnas. E sempre nos colocamos a disposição para ajudar num eventual diálogo”, continuou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email