Advogado detona inquérito que investiga morte de Davi Sebba

Para Allan Hahnneman (foto), polícia deixou de fazer diligências de alta relevância; Davi Sebba Ramalho foi assassinado por um policial militar no último dia 5 de julho em circunstâncias misteriosas

Advogado detona inquérito que investiga morte de Davi Sebba
Advogado detona inquérito que investiga morte de Davi Sebba (Foto: Divulgação)

A Redação_ Responsável pelas investigações do caso do advogado Davi Sebba Ramalho, assassinado por um policial militar no último dia 5 de julho, o delegado Paulo Roberto Tavares de Brito encaminhará o inquérito ao Judiciário na segunda-feira (6/7). Em entrevista ao jornal A Redação, Paulo Roberto afirmou que o inquérito está pronto, porém a informação não é confirmada pelos advogados da família de Davi. “Tem diligências de alta relevância que ainda não foram tratadas”, afirma Allan Hahnneman.

De acordo com o advogado, o delegado deverá pedir um prazo maior para concluir as investigações. “Ele não está remetendo o inquérito de maneira conclusiva, ele está requerendo, como ele mesmo me informou, mais prazo para conseguir cumprir as diligências pendentes”, diz. “As perícias da armas e do próprio laudo cadavérico ainda não estão anexadas ao inquérito”, completa.

Reconstituição

Segundo os advogados Allan Hahnneman e Manoel Bezerra, a reprodução simulada dos fatos ainda não foi realizada. “Já foi encaminhado um ofício ao Instituto de Criminalística para agendar, mas o dia ainda não foi definido”, explica Allan, ressaltando a importância da reconstituição para o esclarecimento do crime.

Allan também destaca que outras testemunhas devem ser ouvidas nos próximos dias. “Seguranças do supermercado onde Davi foi assassinado e frentistas do posto situado ao lado também deverão ser ouvidos. Era por volta das 19 horas quando tudo aconteceu, não é possível que ninguém tenha visto nada.”

Vítima

Familiares de Davi Sebba elaboraram um texto descrevendo como vivia e quem era o advogado assassinado com um tiro no peito no dia em que nasceu o primeiro filho dele. Bastante detalhado, o texto relata como era Davi em casa, com a família, onde estudou e onde viveu.

De acordo com o advogado Allan Hahnneman, o texto, que deverá ser divulgado nas próximas horas no grupo Justiça por Davi, no Facebook, “tem o objetivo de fazer um contraponto de algumas informções estigmatizantes sobre Davi”.

“A dor decorrente de uma perda de forma tão abrupta e inesperada, violenta e injusta, ainda machuca muito. Mas nós, familiares de Davi, entendemos ser importante evidenciar à sociedade os principais aspectos da personalidade, da vida privada e da vida profissional de um cidadão que, sem sombra de dúvidas, foi vítima de uma ação que violou os princípios constitucionais do Estado Democrático de Direito.” Assim é iniciado texto, que segue contando como era a vida de Davi.

Nascido em Goiânia e neto de imigrantes libaneses, Davi era o filho mais velho de uma família de quatro irmãos. Conforme a família relata no texto, ele possuía quatro características que se destacavam: empatia pelo próximo, popularidade entre os amigos, generosidade, e um carinho especial à família.

Assim como já foi divulgado, no dia em que foi assassinado com um tiro no peito, Davi esperava a chegado do primeiro filho: Gabriel. “Não entrou na cabeça dos familiares e amigos que Davi não iria conhecer o seu filho, que nasceu pouco depois de sua morte. Davi foi injustamente impedido de vivenciar o acontecimento mais importante de sua vida e nunca poderá partilhar com Gabriel”, diz o texto.

“Temos certeza que, apesar da truculência de seu assassinato, o Davi que amamos e que nunca esqueceremos está em paz no reino dos céus. Enquanto existirmos, nós, os familiares, vamos honrar seu nome e sua memória”, conclui. Leia na íntegra o texto produzido por familiares de Davi e que traça o perfil do advogado assassinado.

Um mês

Será celebrada neste domingo (5/8) a missa de um mês da morte do advogado Davi Sebba, morto a tiros por um Policial Militar no estacionamento do Carrefour. A missa será às 10 horas, na igreja São Paulo Apóstolo, localizada na Av.-T-7, no Setor Oeste. (Adriana Marinelli)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247