Artistas entregam a Doria manifesto pela saída de André Sturm

Um grupo de artistas e ativistas culturais de São Paulo entregou ao prefeito João Doria (PSDB) um abaixo com seis mil assinaturas pedindo a saída imediata do secretário municipal da Cultura, André Sturm, que ameaçou "quebrar a cara" do agente cultural Gustavo Soares; "A gente fazendo uma série de ações para deixar claro para você principalmente, que é o responsável pela nomeação, o quanto André Sturm não representa os artistas culturais da cidade. A gente precisa de uma outra figura nesta posição", diz a manifestante a Doria, ao entregar as assinaturas ao tucano

Um grupo de artistas e ativistas culturais de São Paulo entregou ao prefeito João Doria (PSDB) um abaixo com seis mil assinaturas pedindo a saída imediata do secretário municipal da Cultura, André Sturm, que ameaçou "quebrar a cara" do agente cultural Gustavo Soares; "A gente fazendo uma série de ações para deixar claro para você principalmente, que é o responsável pela nomeação, o quanto André Sturm não representa os artistas culturais da cidade. A gente precisa de uma outra figura nesta posição", diz a manifestante a Doria, ao entregar as assinaturas ao tucano
Um grupo de artistas e ativistas culturais de São Paulo entregou ao prefeito João Doria (PSDB) um abaixo com seis mil assinaturas pedindo a saída imediata do secretário municipal da Cultura, André Sturm, que ameaçou "quebrar a cara" do agente cultural Gustavo Soares; "A gente fazendo uma série de ações para deixar claro para você principalmente, que é o responsável pela nomeação, o quanto André Sturm não representa os artistas culturais da cidade. A gente precisa de uma outra figura nesta posição", diz a manifestante a Doria, ao entregar as assinaturas ao tucano (Foto: Aquiles Lins)

SP 247 - Um grupo de artistas e ativistas culturais de São Paulo entregou ao prefeito João Doria (PSDB) um abaixo com seis mili assinaturas pedindo a saída imediata do secretário municipal da Cultura, André Sturm, que ameaçou "quebrar a cara" do agente cultural Gustavo Soares. 

"A gente fazendo uma série de ações para deixar claro para você principalmente, que é o responsável pela nomeação, o quanto André Sturm não representa os artistas culturais da cidade. A gente precisa de uma outra figura nesta posição", diz a manifestante a Doria, ao entregar as assinaturas ao tucano. 

Em reposta, Doria prometeu buscar o diálogo com os manifestantes. "Vamos buscar sempre o diálogo e o entendimento. Eu não apoio nenhuma atitude radical", disse o tucano.

Assista acima. 

Desde quarta-feira, 31, artistas, trabalhadores da cultura e representantes de diversos coletivos da cidade de São Paulo ocupam a sede da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), na Galeria Olido. Sob o slogan "Fora Sturm! Uma (in)digestão para a Cultura", o grupo exige a saída imediata Sturm o descongelamento dos recursos e a definição de uma comissão para acompanhar a implementação do Plano Municipal de Cultura.

O estopim para o movimento deflagrou-se nesta última segunda-feira (29) quando Sturm ameaçou "quebrar a cara" do agente cultural Gustavo Soares, um dos integrantes do Movimento Cultural Ermelino Matarazzo da Zona Leste de São Paulo. Na conversa, que foi gravada, Sturm intimida o militante a aceitar os termos de uma proposta da SMC e, quando contestado, ameaça-o de agressão física. No diálogo, ele alega que o "espaço é do governo", que Gustavo Soares "é um chato" e que "cabô a molecagem".

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247