Deputado do DEM diz que ‘Maia não trabalha com a hipótese’ de Temer cair

Apontado como articulador de um virtual governo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o deputado José Carlos Aleluia nega que haja qualquer movimento "por parte de qualquer pessoa do Democratas" no sentido de montar a equipe do correligionário; "Não há nenhuma articulação nesse sentido. Pelo contrário, o Democratas mantém seu compromisso com o presidente Temer. Vamos votar contra o afastamento do presidente no plenário"; Aleluia nem mesmo admite a hipótese de Maia ser candidato no caso de Temer cair; "Não trabalhamos com essa hipótese. O objetivo do Democratas é trabalhar para o presidente permanecer no cargo. A hipótese de o presidente ser afastado é muito remota"

Aleluia
Aleluia (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Apontado como articulador de um virtual governo do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente do Democratas na Bahia, deputado José Carlos Aleluia, negou em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia que haja qualquer movimento "por parte de qualquer pessoa do Democratas" no sentido de montar a equipe do correligionário, inclusive atraindo novos parlamentares ao partido.

Em Brasília, é dada como certa a candidatura de Maia a presidente da República em eleições indiretas, em decorrência do possível afastamento de Michel Temer, se a Câmara decidir autorizar o Supremo Tribunal Federal (STF) a investigá-lo pelo crime de corrupção passiva, a partir de denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR).

Se Temer cair, Maia automaticamente assumirá a Presidência de forma interina e terá de convocar entre os parlamentares eleições para escolha de um novo presidente.

"Não há nenhuma articulação nesse sentido. Pelo contrário, o Democratas mantém seu compromisso com o presidente Temer. Vamos votar contra o afastamento do presidente no plenário", disse Aleluia. O deputado nem mesmo admite a hipótese de Maia ser candidato no caso de Temer cair. "Não trabalhamos com essa hipótese. O objetivo do Democratas é trabalhar para o presidente permanecer no cargo. A hipótese de o presidente ser afastado é muito remota", afirmou Aleluia.

Além do deputado baiano, quem estaria na linha de frente na articulação de bastidor pelo possível futuro governo de Rodrigo Maia seria o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Em público, além de negar que esteja "articulando qualquer coisa", o prefeito nega também que Maia esteja conspirando contra Temer.

Apesar de negar interesse em assumir a presidência da República, Maia tem afirmado determinação para não protelar a votação que vai decidir o futuro político de Temer. O presidente da Câmara marcou para o dia 2 próximo a apreciação em plenário, e garante que se não houver quórum, vai pautar o pedido de investigação em todas as sessões ordinárias, até conseguir garantir a presença dos deputados para apreciar a votação.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247