Emop nega atraso na entrega do Maracanã

Segundo nota da Empresa de Obras Públicas do estado (Emop) do Rio de Janeiro, o cronograma está mantido, com o término da reforma em abril. Apenas a entrega oficial para a Fifa ocorrerá no dia 28 de maio. Na última medição, feita no dia 30 de novembro, a reforma estava 79% concluída

Emop nega atraso na entrega do Maracanã
Emop nega atraso na entrega do Maracanã (Foto: (11) Celso Pupo / Fotoarena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Akemi Nitahara
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Apesar de anunciar que entregará o Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, reformado faltando 19 dias para o início da Copa das Confederações, a Empresa de Obras Públicas do estado (Emop) nega que as obras estejam atrasadas.

Segundo nota da Emop, o cronograma está mantido, com o término da reforma em abril. Apenas a entrega oficial para a Federação Internacional de Futebol (Fifa) ocorrerá no dia 28 de maio.

Na última medição feita, no dia 30 de novembro, a reforma estava 79% concluída, faltando colocar os assentos, a cobertura, o gramado e acabamento, além das obras de intramuros, que envolve o entorno mais próximo do estádio, como as bilheterias.

Sobre a demolição do prédio do antigo Museu do Índio, a Emop informou que fez a licitação no dia 20 de dezembro e o contrato deve ser assinado nos próximos dias. A empresa vencedora, Compec Construções e Locações, vai receber R$ 586.058,95 e terá 30 dias para executar o serviço.

Segundo o governo do estado, o objetivo da demolição "é abrir espaço para a transformação do Complexo do Maracanã em uma grande área de entretenimento, necessária para que o futuro complexo atenda às necessidades de escoamento e circulação de público nos padrões internacionais".

A derrubada da Escola Municipal Friedenreich deve ocorrer após a transferência dos alunos para outro local, com previsão para as férias escolares de 2013/2014. O Parque Aquático Júlio Delamare está funcionando, mas o projeto apresentado pelo governo prevê a sua demolição. Já o Ginásio Célio de Barros, apesar de fechado temporariamente, não deve ser demolido.

A urbanização do entorno do Maracanã está a cargo da prefeitura carioca e, segundo a Secretaria Municipal de Obras, elas obras começaram há um ano, com investimento de quase R$ 110 milhões, e estão dentro do cronograma, devendo ser entregue em junho deste ano. O projeto inclui a construção de uma passarela ligando a Quinta da Boa Vista ao Maracanã, calçadas, obras de infraestrutura e paisagismo com ciclovia e área de recreação.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email