Felix admite possibilidade de assumir a Seagri

O presidente do PDT na Bahia, deputado Felix Mendonça Jr., admite que pode assumir a Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri); ele é cauteloso, diz que não quer "antecipar as coisas", mas confirma a articulação para assumir a pasta; "Já tivemos uma conversa preliminar por meio da Serin (Secretaria das Relações Institucionais do governo), mas não tem nada definido, e eu não quero antecipar as coisas. Seria uma coisa grosseira da minha parte. Vamos agora conversar com o governador Rui Costa. Na política nada se descarta antes de conversar", afirmou Felix Jr.

Felix Mendonça
Felix Mendonça (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O presidente do PDT na Bahia, deputado federal Felix Mendonça Jr., admite que pode assumir a Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri). Ele é cauteloso, diz que não quer "antecipar as coisas", mas confirma a articulação para assumir a pasta que hoje é comandada pelo deputado estadual Vitor Bonfim, também do PDT.

"Já tivemos uma conversa preliminar por meio da Serin (Secretaria das Relações Institucionais do Governo do Estado), mas não tem nada definido, e eu não quero antecipar as coisas. Seria uma coisa grosseira da minha parte. Vamos agora conversar com o governador Rui Costa. Na política nada se descarta antes de conversar", afirmou Felix Jr. ao jornal Tribuna da Bahia.

O deputado disse também que a atual composição do PDT no governo de Rui Costa (PT) ainda não é o que o partido espera de fato. "Ainda vamos discutir isso com o governador também. Precisamos saber se essas modificações que ele fez agora fecham a composição. Vamos discutir o espaço do PDT no governo, porque o que o PDT tem hoje não é representação do partido, isso aí é uma coisa acordada lá com alguns deputados, costurada com os próprios deputados. Vamos sentar com o governador e conversar para saber qual é o espaço do PDT".

Por ora, o governador também não confirma a possível mudança na Seagri. Em conversa com a imprensa ontem na apresentação do plano de segurança pública para o carnaval, Rui Costa minimizou a articulação. "Não tenho nenhuma informação sobre isso. Às vezes a imprensa é mais bem informada do que eu, o governador. O PDT já está no governo".

Na minirreforma que o governador fez em janeiro, Vitor Bonfim era aposta entre os secretários que seriam trocados, com articulações admitidas em público pelo governo. Agora, porém, o nome do deputado volta a estar no centro das incertezas.

Embora Felix Jr. não tenha tanto entrosamento no âmbito do agronegócio, auxiliares de primeira linha de Rui reconhecem no deputado federal a boa articulação com prefeitos do interior, em diversas regiões do estado (ele ficou entre os deputados federais mais votados nas eleições de 2010 e 2014).

Por outro lado, pode estar envolvido na articulação também o desejo de parte do PDT de compor com ACM Neto (DEM). O partido já ficou balançado nas eleições municipais de 2016, quando o democrata se reelegeu prefeito de Salvador.

Membros do governo Rui avaliam que não se pode descartar a possibilidade de os pedetistas mudarem de lado no pleito de 2018, quando Rui deve tentar a reeleição e ACM Neto pode se lançar na disputa pelo Governo do Estado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247