Gestão do PSB é aprovada por 75% da população

Administração do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), é aprovada por 75% do moradores da capital pernambucana; de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Exatta, em parceria com o jornal Folha de Pernambuco, o prefeito – que foi eleito há pouco mais de um ano – apresenta um índice de desaprovação que chega a 20%; outros 5% não responderam ao questionário da pesquisa

Administração do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), é aprovada por 75% do moradores da capital pernambucana; de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Exatta, em parceria com o jornal Folha de Pernambuco, o prefeito – que foi eleito há pouco mais de um ano – apresenta um índice de desaprovação que chega a 20%; outros 5% não responderam ao questionário da pesquisa
Administração do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), é aprovada por 75% do moradores da capital pernambucana; de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Exatta, em parceria com o jornal Folha de Pernambuco, o prefeito – que foi eleito há pouco mais de um ano – apresenta um índice de desaprovação que chega a 20%; outros 5% não responderam ao questionário da pesquisa (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - A gestão do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB) é aprovada por 75% do moradores da capital pernambucana. De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Exatta, em parceria com o jornal Folha de Pernambuco, o prefeito – que foi eleito há pouco mais de um ano – apresenta um índice de desaprovação que chega a 20%. Outros 5% não responderam ao questionário da pesquisa.

A maior aprovação da gestão está localizada junto a Classe D, com renda de até um salário mínimo. Nesta faixa, o índice positivo chega a 79%. Em seguida, com 77% de aprovação, aparece a Classe C, com renda de até dois salários mínimos. Na sequência figura a Classe B (com renda entre dois e cinco salários mínimos), com 71% e a Classe A (com renda média superior a cinco salários mínimos). Nesta faixa de renda os indicadores positivos chegam a 64%.

Em contrapartida, o maior índice de desaprovação está na Classe B, onde 25% dos entrevistados não aprovam a gestão do socialista. Os menores indicadores de desaprovação estão situados nas Classes C e D, ambas com 18%. Em relação ao grau de estudo, os maiores índices positivos estão unto aos analfabetos, onde a gestão é aprovada por 83% desta camada populacional. Os menores indicadores estão concentrados entre os que possuem o primeiro grau completo ou incompleto, com 73%.

A maior taxa desaprovação, porém, está localizada entre os que possuem ensino superior completo ou incompleto e o primeiro grau completo  ou incompleto, com 21% cada. A menor taxa de rejeição está junto aos analfabetos (14%). A gestão é aprovada por 79% da população de sexo masculino e desaprovada por outros 18%. Entre as mulheres a aprovação chega a 72, enquanto a desaprovação é de 18%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 6  de abril e ouviu 1.608 pessoas em todas as regiões da capital pernambucana. A margem de erro é de 2,4% para mais ou para menos.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247