Lula cita Camilo Santana como presidenciável caso não concorra

Em entrevista concedida nesta quinta (20), o ex-presidente Lula citou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), como uma possibilidade de candidatura do PT à presidência da República em 2018, caso seja impedido de concorrer. Além do cearense, Lula defendeu também os nomes dos gestores de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e da Bahia, Rui Costa

10/11/2014- São Paulo- SP, Brasil- O ex-presidente Lula se encontra com o governador eleito do Ceará, Camilo Santana (PT), no Instituto Lula. Foto: Heinrich Aikawa / Instituto Lula
10/11/2014- São Paulo- SP, Brasil- O ex-presidente Lula se encontra com o governador eleito do Ceará, Camilo Santana (PT), no Instituto Lula. Foto: Heinrich Aikawa / Instituto Lula (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), é uma das apostas do ex-presidente Lula para concorrer à presidência da República em 2018 caso a sentença do juiz Sergio Moro seja mantido e o impeça de concorrer ao cargo. O chefe do Executivo cearense foi um dos citados por Lula em entrevista transmitida pela internet, nesta quinta (20), aos jornalistas José Trajano, Juca Kfouri e Antero Greco. 

Além de Camilo, o petista citou os nomes dos gestores de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e da Bahia, Rui Costa. “Governadores em três estados importantes que têm cacife para ser candidatos”, defendeu. Lula, no entanto,  acredita que o nome mais preparado entre os correligionários seja o do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

“O Haddad pode ser uma personalidade importante se se dispuser a percorrer o país. Já me reuni com ele e falei: ‘Você tem que botar o pé na estrada e falar o que você fez pela educação”, afirmou

(Com informações do Blog Política do jornal O Povo)

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247