Movimento Cada Vida Importa promove segundo seminário sobre prevenção à violência letal no Ceará

Será realizado nesta sexta-feira (27), a partir das 14h, no Auditório Rachel de Queiroz, do Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará (UFC), o "2º Seminário do Movimento Cada Vida Importa: a universidade na prevenção e enfrentamento da violência", tendo como tema "Impactos das desigualdades sociais e das violações de direitos na produção da violência urbana"

Será realizado nesta sexta-feira (27), a partir das 14h, no Auditório Rachel de Queiroz, do Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará (UFC), o "2º Seminário do Movimento Cada Vida Importa: a universidade na prevenção e enfrentamento da violência", tendo como tema "Impactos das desigualdades sociais e das violações de direitos na produção da violência urbana"
Será realizado nesta sexta-feira (27), a partir das 14h, no Auditório Rachel de Queiroz, do Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará (UFC), o "2º Seminário do Movimento Cada Vida Importa: a universidade na prevenção e enfrentamento da violência", tendo como tema "Impactos das desigualdades sociais e das violações de direitos na produção da violência urbana" (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - Resultado de articulação de integrantes de 14 universidades cearenses, o "2º Seminário do Movimento Cada Vida Importa: a universidade na prevenção e enfrentamento da violência" será realizado na sexta-feira (27), das 14h às 17h, no Auditório Rachel de Queiroz, área 2 do Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará (UFC), com o tema Com o tema "Impactos das desigualdades sociais e das violações de direitos na produção da violência urbana".

O debate contará com a presença da professora Camila Holanda, da Universidade Estadual do Ceará (Uece); Albaniza Dantas, representante da Rede de Articulação do Jangurussu e Ancuri (Reajan); Graça Reis e Marileide Luz, ambas da Rede de Desenvolvimento Local, Integral e Sustentável do Grande Bom Jardim (Rede DLIS).

O evento é gratuito e tem vagas limitadas. As inscrições podem ser feitas no link goo.gl/sm83B2

O "Movimento Cada Vida Importa: a universidade na prevenção e no enfrentamento à violência no Ceará" foi iniciado em fevereiro de 2018 por meio de articulação de professores, servidores e estudantes de instituições de ensino superior do Ceará, com apoio do Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência (CCPHA). 

Integram a mobilização professores, estudantes e servidores da Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade de Fortaleza (Unifor), Centro Universitário Devry Fanor (UniFanor), Centro Universitário 7 de Setembro (Uni7), Centro Universitário Christus (UniChristus), Instituto Federal do Ceará (IFCE), Faculdade de Tecnologia Intensiva (Fateci), Centro Universitário Estácio do Ceará, Universidade Regional do Cariri (Urca), Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), Faculdade Farias Brito, Faculdade Metropolitana de Fortaleza (FAMETRO) e Faculdade Maurício de Nassau.

 O 1º Seminário do Movimento Cada Vida Importa foi realizado no dia 23 de março na Universidade de Fortaleza (Unifor).

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247