PMDB-MG vai apoiar pré-candidatura de Pimentel

Em almoço nesta terça-feira, em Belo Horizonte, dirigentes peemedebistas lançaram a vice o deputado Toninho Andrade, presidente do PMDB mineiro, e Josué Alencar ao Senado em composição com o PT; outros nove integrantes da Executiva Estadual selaram apoio do partido à pré-candidatura do ex-ministro Fernando Pimentel (PT) ao governo estadual

Em almoço nesta terça-feira, em Belo Horizonte, dirigentes peemedebistas lançaram a vice o deputado Toninho Andrade, presidente do PMDB mineiro, e Josué Alencar ao Senado em composição com o PT; outros nove integrantes da Executiva Estadual selaram apoio do partido à pré-candidatura do ex-ministro Fernando Pimentel (PT) ao governo estadual
Em almoço nesta terça-feira, em Belo Horizonte, dirigentes peemedebistas lançaram a vice o deputado Toninho Andrade, presidente do PMDB mineiro, e Josué Alencar ao Senado em composição com o PT; outros nove integrantes da Executiva Estadual selaram apoio do partido à pré-candidatura do ex-ministro Fernando Pimentel (PT) ao governo estadual (Foto: Gisele Federicce)

Minas 247 – Em almoço realizado nesta terça-feira, em Belo Horizonte, o presidente do PMDB-MG, deputado Antonio Andrade, o empresário Josué Gomes e outros nove integrantes da Executiva Estadual do PMDB selaram o apoio do partido à pré-candidatura do ex-ministro Fernando Pimentel ao governo de Minas Gerais.

O encontro lançou os nomes de Toninho a vice e de Josué ao Senado na chapa petista. "Todos os deputados estaduais e federais aqui afirmaram que querem composição com o PT. Essa é a melhor situação para os dois partidos. Vamos manter o que está em nível nacional e, com essa composição, ganhar as eleições", declarou Andrade.

Na próxima segunda-feira a executiva faz uma reunião para definir a participação dos pré-candidatos nas caravanas do PT pelo interior do estado. A ideia, segundo Toninho Andrade, é que o PMDB ajude a organizar as visitas que o pré-candidato do PT vem fazendo às cidades mineiras para levantar contribuições para o programa de governo.

Josué lembrou que a composição no estado tem a benção de Lula, que está participando ativamente das articulações em torno da pré-cadidatura de Pimentel. "Lula defende a aliança PT e PMDB e os dois partidos estão unidos", declarou o empresário, que diz ter "recebido com honra" a incumbência de se candidatar ao Senado, seguindo os passos do pai, José de Alencar.

Ele garantiu que a experiência no mundo corporativo vai ajudá-lo no campo político em Minas. "O setor têxtil pede muita disputa, e com chinês, que não é fácil. Não tenho medo de disputa nem de trabalhar, ainda mais com a unidade que vi hoje no PMDB", afirmou.

Segundo Josué, o estado está "sedento por mudança". Sem citar o nome do ex-governador Antonio Anastasia, até aqui favorito na corrida pelo Senado, Toninho Andrade defendeu a candidatura do empresário e observou que "só se fala em um candidato que dizem ter 60% das intenções de voto, então 40% rejeitam essa candidatura".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247