Procuradoria quer barrar caravanas de Padilha

Procurador regional eleitoral de São Paulo André de Carvalho Ramos pediu multa de R$ 750 mil ao candidato petista Alexandre Padilha e ao diretório estadual do partido, além da proibição de novas caravanas pelo Estado, por "ferir a igualdade de oportunidades entre os candidatos que concorrerão às eleições, em escancarada violação à isonomia"

Araçatuba 11/04/2014 Ex-ministro Alexandre Padilha Coordenador da Caravana Horizonte Paulista com ex-presidente Lula durante plenária  FOTO PAULO PINTO/ANALITICA
Araçatuba 11/04/2014 Ex-ministro Alexandre Padilha Coordenador da Caravana Horizonte Paulista com ex-presidente Lula durante plenária FOTO PAULO PINTO/ANALITICA (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-SP) quer multar em R$ 750 mil o candidato petista ao governo de São Paulo Alexandre Padilha e o diretório estadual do partido por propaganda eleitoral antecipada.

O procurador regional eleitoral de São Paulo André de Carvalho Ramos também pede a proibição de novas caravanas pelo Estado, por "ferir a igualdade de oportunidades entre os candidatos que concorrerão às eleições, em escancarada violação à isonomia".

O ex-ministro da Saúde tem percorrido o Estado desde fevereiro, com a "Caravana Horizonte Paulista" para se tornar menos desconhecido do eleitor e buscar sugestões para seu programa de governo. Oficialmente, ele ganhou um cargo, no PT, para coordenar essas caravanas.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247