PT aumenta rebelião e rejeita candidato do PMDB

Rubens Otoni e Mauro Rubem dispararam contra o PMDB em entrevista à coluna Giro, de O Popular; Otoni disse que seu irmão Antônio Gomide ficou na frente, nos números da pesquisa Serpes, de Júnior Friboi, que é tido como o "novo" no partido de Iris Rezende. Rubem afirmou que o PMDB pode ser a salvação da eleição de Perillo, se o partido se comportar de forma arrogante achando que pode escolher o nome de 2014 sozinho. A relação das duas legendas já vinha se desgastando desde o ano passado e agora os ânimos se exaltam ainda mais

PT aumenta rebelião e rejeita candidato do PMDB
PT aumenta rebelião e rejeita candidato do PMDB

Goiás 247_ A crise entre PMDB e PT se agrava publicamente e este aumento da tensão é mais uma consequência dos números da pesquisa Serpes/O Popular divulgada no último domingo.

Agora em embasados no resultado do primeiro levantamento a respeito da eleição de 2014, os petistas afirmam que o PMDB não tem condições de exigir a candidatura ao governo. Os encarregados de darem o recado foram os deputados Rubens Otoni e Mauro Rubem.

As declarações foram dadas à coluna Giro, de O Popular, assinada neste mês pelo jornalista Caio Henrique Salgado. “Nosso prefeito ficou em primeiro para o Senado e também saiu na frente do (José Batista) Júnior, que é apontado pelo PMDB como o novo, no único cenário em que foi incluído”, disse Otoni, se referindo ao seu irmão Antônio Gomide, prefeito de Anápolis.

“O PMDB vai ser o coveiro ou a boia de salvação do Marconi? Para ser o coveiro temos de trabalhar juntos, sem a arrogância e a prepotência de achar que o nome é definido por eles”, disparou Mauro Rubem.

Na pesquisa estimulada, Gomide foi o quinto colocado com 6,0%; seguido por Júnior Friboi que obteve 4,7%. O Serpes apontou que o eleitor deseja o novo, mas os dois líderes na pesquisa foram os “velhos” Marconi Perillo e Iris Rezende.

O PMDB esperava mais de Júnior Friboi e o resultado na pesquisa serviu para que o PT partisse de novo ao ataque. Não é de hoje que o PT, principalmente via Otoni, vem mandando recados ao partido de Iris dizendo que não existe acordo para que o PMDB tenha a cabeça de chapa.

Desde o ano passado o irmão de Gomide fala abertamente que seu partido será submisso ao PMDB. No auge da discussão, o deputado federal Sandro Mabel apareceu para dizer que existe sim um acordo e o PMDB espera que ele seja cumprido.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247