Servidores pedem o impeachment do prefeito

Grevistas da educação municipal protestaram nesta manhã no Paço e ocuparam as galerias da Câmara Municipal aos gritos de "Fora Paulo"; líderes do movimento conseguiram protocolar o pedido de impeachment de Paulo Garcia (PT) na Casa e sessão foi encerrada em meio a protestos e discussões acaloradas entre vereadores de oposição e da base aliada do prefeito; categoria alega que Paulo Garcia não cumpriu o acordo de 2013 e ainda cortou benefícios dos servidores

impeachment paulo garcia
impeachment paulo garcia (Foto: José Barbacena)

Goiás247 - Servidores da educação municipal realizaram protesto e protocolaram pedido de impeachment contra o prefeito Paulo Garcia (PT), nesta quinta-feira, na Câmara Municipal. Os trabalhadores chegaram à porta da Casa acompanhado de carro de som e gritando "Fora Paulo Garcia". Com o apoio dos vereadores de oposição, os líderes do movimento conseguiram apresentar o pedido de impeachment e agora a Câmara tem cinco dias para apreciar a requisição da categoria.

Os grevistas ocuparam as galerias e mantiveram os gritos de ordem contra o prefeito. O professore Antônio Gonçalves chegou a ocupar a tribuna livre, mas houve um princípio de bate-boca com o presidente da Câmara, o vereador Clécio Alves (PMDB), que é da base aliada de Paulo Garcia.

A sessão foi suspensa e os vereadores da base deixaram o plenário. Professores e servidores da educação municipal começaram a greve sob o argumento de que prefeitura não cumpriu integralmente o acordo firmado no ano passado que pôs fim à paralisação dos trabalhadores.

A categoria ainda alega que Paulo Garcia cortou benefícios este ano como gratificações e adicional de insalubridade. Ontem, alguns representantes do movimento foram ao Paço Municipal na tentativa de fazer uma reunião com o prefeito. Mas, Paulo Garcia não recebeu a categoria.

O prefeito avisou que a Lei de Responsabilidade Fiscal impede que novas concessões sejam feitas e sinaliza que é impossível atender algumas demandas dos grevistas. Servidores da Secretaria Municipal de Trânsito e da Guarda Civil também estão em greve. Existe ainda a possibilidade de uma paralisação geral.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247