Trades, criptomoedas, ações: o que é preciso saber

(Foto: Kim Hong-Ji/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O mercado financeiro não é um lugar para novatos e inocentes, a menos que estes queiram servir de comida para os tubarões. Não faltam notícias sobre pessoas que trabalharam a vida toda e perderam dinheiro nesse mercado. Mas em um cenário de juros baixos, reforma da previdência que corta direitos e poupança que faz o dinheiro ser perdido para a inflação, é preciso conhecer sobre investimentos para poder garantir uma aposentadoria digna.

O pontapé inicial precisa ser dado investindo em conhecimento. Ter ciência dos termos, produtos e o que pode ser feito é ideal antes de colocar seu dinheiro na parada. 

Primeiro: como é possível realizar os investimentos?

Algo positivo no mundo das finanças foi a democratização do acesso à informação e às operações. Se antes você tinha que levar uma grande quantidade de dinheiro para seu gerente de investimentos ou contratar uma corretora, hoje é possível criar uma conta em uma plataforma online, achando, por exemplo, a Avatrade Facebook nessa rede social popular.

Nessa plataforma citada é possível comprar ações, criptomoedas, conferir preços de índices e commodities e ter acesso a material didático para começar a aprender sobre investimentos e fazer as escolhas certas.

O que são os trades e as opções?

As chamadas opções e o day trading ganharam atenção da mídia recentemente. Não faltam gurus no YouTube que falam sobre a riqueza que amontoaram fazendo operações de curto prazo que rendem lucros incríveis. Obviamente isso precisa ser encarado com enorme pé atrás: se é tão fácil assim e tão rentável, todos fariam e o dinheiro brotaria do chão.

Isso não quer dizer que não é possível ganhar dinheiro com operações rápidas do tipo, mas a informação de qualidade não estará disponível no YouTube e o risco é muito alto.

Os trades são como são chamadas as operações, sendo que o trading é o ato de operar, de comprar e vender. Como o nome indica, day trading é quem dedica o dia a negociar, comprando e vendendo na mesma jornada do mercado. O mesmo conselho dito acima, vale: não aja de forma inocente achando que o conselho de youtubers sobre como é fácil fazer day trading e que dá para deixar o emprego e fazer só isso para ganhar a vida.

Ações, fundos e criptomoedas

O trabalhador que pensa em aposentadoria pode investir em diversos ativos, sempre pensando que o risco não precisa ser grande porque estamos falando de um objetivo lá na frente – seja 10 anos ou 30 anos. 

Os fundos de investimento são escolhas óbvias porque não exigem muito conhecimento nem ficar operando, com um gestor tomando as decisões. Mas preste atenção: escolha um gestor sério, leia a lâmina e os documentos para saber no que será investido, qual é o retorno passado, quais são as taxas e como é feita a retirada (quantos dias demora, por exemplo).

Por fim, caso você queira mais controle e investir em uma oportunidade, ações e criptomoedas são escolhas populares. As moedas virtuais são mais arriscadas e voláteis, mas podem trazer retornos enormes, com o Bitcoin tendo valorizado milhares por cento na última década. As ações também podem valorizar enormemente – Magazine Luiza, por exemplo – mas costumam ser mais seguras. 

Quem tem esse controle pode, por exemplo, investir em empresas que acredita, tem boas práticas, campanhas importantes socialmente, produtos relevantes, e deixar de lado as companhias nas quais não aprova sua atuação.

Precios proporcionados por avatrade.es.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247