Técnicos do Ibama denunciam exportação de três mil cargas de madeira da Amazônia sem autorização do órgão

Os relatos foram feitos por dois técnicos do Ibama à Polícia Federal, no âmbito da Operação Akuanduba, que investiga inclusive o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles

Desmatamento e Ricardo Salles
Desmatamento e Ricardo Salles (Foto: Ricardo Moraes/Reuters | Ueslei Marcelino/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Técnicos do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) disseram à Polícia Federal que aproximadamente três mil cargas de madeira da Amazônia no Pará foram exportadas ao exterior sem autorização do órgão. 

Tais cargas seguiam o mesmo padrão dos três carregamentos de madeira retidos nos Estados Unidos e que deram origem à Operação Akuanduba, que investiga inclusive o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

De acordo com a Folha de S. Paulo, dois técnicos do Ibama passaram as informações à PF. Ambos atuavam diretamente na área de fiscalização de exportações. Eles foram ouvidos como testemunhas.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email