Com crise cada vez pior, Globo abandona profissionalização e família Marinho reassume comando dos negócios

Após quatro anos, a Globo volta a ser presidida por membros da família Marinho em meio a fusões de empresas e demissões de milhares de profissionais. As novidades foram anunciadas em live para funcionários do grupo na manhã desta quinta

Jorge Nóbrega e Paulo Daudt Marinho
Jorge Nóbrega e Paulo Daudt Marinho (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Responsável pela maior transformação já enfrentada pela Globo, com fusões de empresas e demissões de milhares de profissionais, o executivo Jorge Nóbrega vai deixar a presidência do conselho de administração do Grupo Globo. Em 1º de fevereiro, ele será substituído por João Roberto Marinho na presidência do conselho e por Paulo Daudt Marinho na agora criada presidência da Globo. Com isso, após quatro anos, a Globo volta a ser presidida por membros da família Marinho. A reportagem é do portal Notícias da TV. 

Na prática, quem comandará o dia a dia do maior conglomerado de comunicação da América Latina será Paulo Marinho, sobrinho de João Roberto e neto de Roberto Marinho (1904-2003), fundador da Globo.

João Roberto é o terceiro dos quatro filhos de Paulo Marinho. Ele sempre se dedicou aos veículos impressos do Globo. Paulo Marinho é um jovem executivo que fez carreira fulminante no grupo. Começou como diretor do canal infantil Gloob e, em 2020, se tornou um dos principais diretores da Globo, como diretor-geral dos Canais Globo.

PUBLICIDADE

As novidades foram anunciadas em live para funcionários do grupo na manhã desta quinta (14).

No primeiro semestre de 2021, a Globo cortou mais de R$ 280 milhões em salários. Mesmo assim, no entanto, o Grupo Globo chegou ao fim do último mês de junho acumulando um prejuízo de R$ 144 milhões. O número representa um crescimento de 122% no prejuízo registrado pela empresa no mesmo período do ano passado.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email