Decisão sobre transferência aproxima Lula do semiaberto, diz Valdo Cruz

O colunista do G1 Valdor Cruz avalia que a decisão da juíza Carolina Lebbos que transfere o ex-presidente Lula de Curitiba para São Paulo aproxima ele do regime semiaberto. "Ele estando em São Paulo fica mais fácil. Ele pode dormir em São Paulo e, durante o dia, sair para trabalhar"

(Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O colunista do G1 Valdor Cruz avalia que a decisão da juiza Carolina Lebbos que transfere o ex-presidente Lula de Curitiba (PR) para São Paulo aproximar ele do regime semiaberto.

"A decisão chega perto do momento em que Lula pode conquistar direito ao regime semiaberto de prisão. Especialistas avaliam que, a partir de em setembro ele já poderia fazer essa progressão saindo do regime fechado para o semiaberto. Ele estando em São Paulo fica mais fácil. Ele pode dormir em São Paulo e, durante o dia, sair para trabalhar", afirmou ele em comentário feita para a GloboNews.

Em sua decisão, a magistrada apontou que Lula pode ocupar uma cela coletiva. "A cela especial poderá consistir em alojamento coletivo, atendidos os requisitos de salubridade do ambiente, pela concorrência dos fatores de aeração, insolação e condicionamento térmico adequados à existência humana", escreveu Lebbos.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247