#MaderoNuncaMais bomba no Twitter após apoio de Júnior Durski ao fascismo de Bolsonaro

Depois de vídeo do empresário apoiando os atos de 15 de março, internautas se recusam a consumir nesta e em outras empresas cujos donos também são pró-governo

Junior Durski, dono do Madero
Junior Durski, dono do Madero (Foto: Guilherme Pupo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A campanha #MaderoNuncaMais ficou entre os temas mais comentados do Twitter nesta sexta-feira 6, em protesto contra o vídeo publicado pelo empresário Júnior Durski, dono da rede de hamburgueria Madero, que tem sede no Paraná.

No vídeo, Durski diz ter orgulho de Bolsonaro, afirma que o presidente está "fazendo tudo certo" e apoia as manifestações de 15 de março, que além de defenderem o governo, pedem fechamento das instituições democráticas, como o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal.

"Dono do Madero não está afim de vender para esquerdista", ironizou um internauta. "Mais um fascista assumido", escreveu outro. "No momento importa a tomada de consciência do PODER DO BOICOTE, que afeta desde compra até o valor da marca", defendeu uma terceira. Para o jornalista Palmério Doria, trata-se de "uma campanha de utilidade pública".


 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email