Moro lamenta 100 mil mortes e Kennedy Alencar dispara: 'Hipócrita. Colocou o genocida no poder'

"Fala agora como se não tivesse nenhuma responsabilidade pela tragédia", protestou o jornalista Kennedy Alencar contra a lamentação de Moro em decorrência das 100 mil mortes pela Covid-19

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Kennedy Alencar protestou contra a fala do ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro, que lamentou no Twitter as 100 mil mortes causadas pela Covid-19 no Brasil.

Alencar chamou Moro de "hipócrita", já que o ex-Lava Jato é "um dos maiores responsáveis por colocar o genocida [Jair Bolsonaro] no poder". O jornalista ainda disse que Moro é ainda mais perigoso que Bolsonaro para a democracia brasileira.

"Hipócrita. É um dos maiores responsáveis por colocar o genocida no poder. Assistiu e apoiou absurdos durante 16 meses como ministro. Fala agora como se não tivesse nenhuma responsabilidade pela tragédia. É mais perigoso do que Bolsonaro para a democracia brasileira", escreveu Kennedy Alencar.

Moro havia dito que "não podemos nos conformar" com as 100 mil mortes.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247