Rodrigo Vianna: "a palavra de Bolsonaro não vale uma dose de cloroquina"

"Ele diz que tá com vírus. E ninguém acredita. Mentiu demais. Terminou assim: a palavra de Bolsonaro não vale uma dose de cloroquina", afirmou o jornalista Rodrigo Vianna

(Foto: Brasil247 | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O jornalista Rodrigo Vianna alertou para a falta de credibilidade das palavras de Jair Bolsonaro, supostamente infectado pelo coronavírus

"Se qualquer pessoa disser que testou positivo pro Coronavirus, a gente acredita e deseja sorte no tratamento. Há uma exceção apenas: o presidente. Ele diz que tá com vírus. E ninguém acredita. Mentiu demais. Terminou assim: a palavra de Bolsonaro não vale uma dose de cloroquina", escreveu o jornalista no Twitter.

Nos três exames anteriores, Bolsonaro usou os nomes de Airton, Rafael e 05. De acordo com ele, por razões de segurança. Agora o nome usado foi Jair Messias Bolsonaro.

Após dizer que foi infectado pela Covid-19, nesta terça-feira (7), Bolsonaro voltou a defender o uso da cloroquina para o tratamento de pessoas diagnosticadas com a doença. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email