Sabrina Fernandes: liberação de armas de Bolsonaro e seu apoio à invasão do Capitólio apontam para golpe

"Quando invadiram o Capitólio para exigir que Trump ficasse, Bolsonaro disse que no Brasil vai ser pior. Aí sai um decreto desses facilitando e muito o acesso a armamento. Devemos ligar os pontinhos?", publicou Sabrina Fernandes nas redes sociais

Sabrina Fernandes
Sabrina Fernandes (Foto: Reprodução YouTube (Rede Brasil Atual))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A socióloga, escritora e youtuber Sabrina Fernandes, do canal Tese Onze, relacionou os decretos de flexibilização do porte de armas de Jair Bolsonaro com seu apoio à invasão do Capitólio (Congresso dos Estados Unidos), que ocorreu no dia 6 de janeiro por apoiadores de seu aliado e ex-presidente dos EUA, Donald Trump.

“Quando invadiram o Capitólio para exigir que Trump ficasse, Bolsonaro disse que no Brasil vai ser pior. Aí sai um decreto desses facilitando e muito o acesso a armamento. Devemos ligar os pontinhos?”, publicou nas redes sociais neste domingo, 14.

“Pretendo fazer um vídeo no futuro breve sobre armamento, revolução, e autodefesa. Mas adianto que muita gente vai ficar decepcionada com falta de detalhes. Isso tem uma razão: ABIN, hoje não”, afirmou.

No sábado, 13, o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) também relacionou os decretos do armamento a um possível golpe articulado por Bolsonaro. Freixo afirmou que “a política armamentista do presidente não é apenas sobre insegurança pública, é sobre democracia”.

Segundo ele, “Bolsonaro está armando seus apoiadores para ameaçar as instituições”. “O golpe está em curso”, reforçou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email