TV 247 entrevista o ex-presidente Lula nesta quarta-feira às 10h (assista ao vivo)

Entre os temas, os preços dos combustíveis, as mensagens que provam a perseguição sofrida por ele na Lava Jato e sua leitura sobre o quadro político no Brasil

Ricardo Stuckert
Ricardo Stuckert (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concede entrevista à TV 247 nesta quarta-feira 24, às 10h. Nela, Lula será questionado sobre os principais temas da atualidade, como a crise dos combustíveis, a demissão do presidente da Petrobrás, a desmoralização da Lava Jato após os novos diálogos da Operação Spoofing que vieram a público e ainda sobre sua visão a respeito do cenário político-eleitoral, da atuação dos militares e da recessão econômica.

Lula governou o Brasil por dois mandatos, entre 2003 e 2010, e deixou o cargo com 87% de aprovação popular – a maior já registrada na história do Brasil. Depois da descoberta do pré-sal, Lula se tornou alvo de um processo de "lawfare", que consiste no uso de instrumentos do Poder Judiciário para perseguição política ou econômica. Em abril de 2018, por decisão do ex-juiz Sérgio Moro, Lula foi preso e permaneceu como preso político durante 580 dias. Também em 2018, ele foi impedido de disputar as eleições presidenciais, quando as pesquisas mostraram que ele venceria a disputa mesmo estando dentro da prisão. Sem Lula na disputa, Jair Bolsonaro chegou ao poder e vem implantando um choque neoliberal que coloca a Petrobrás a serviço de seus acionistas privados, sobretudo internacionais. Isso explica por que os combustíveis e o gás de cozinha são tão caros no Brasil.

Inscreva-se na TV 247, ative as notificações para assistir a entrevista e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email