Eleições nos EUA: latinos aumentaram seu apoio a Trump

Trump superou sua taxa de votos latinos obtida em 2016 em 3 pontos percentuais

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante comício no Arizona. 28/10/2020
Presidente dos EUA, Donald Trump, durante comício no Arizona. 28/10/2020 (Foto: REUTERS/Jonathan Ernst)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - Uma onda de apoio de eleitores latinos deu ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, uma vitória decisiva na Flórida na eleição de terça-feira, ajudando-o a conquistar o que é visto há muito tempo como um Estado que dita tendências.

Trump, que também levou o Estado quatro anos atrás, superou a votação de 2016 entre os hispânicos locais, que representam 19% do eleitorado. Grande parte desta mudança ocorreu em Miami-Dade, condado que abriga as maiores comunidades cubanas e venezuelanas da Flórida.

Muitos norte-americanos de ascendência cubana e venezuelana deixaram países que consideram arruinados por políticas socialistas. Quando Trump e seus aliados pintaram o oponente Joe Biden, um democrata moderado, como um socialista ou alguém ligado à “esquerda radical”, isso os impactou, disseram alguns eleitores de Miami à Reuters.

Trump também venceu no Texas e erodiu o apoio dos latinos aos democrata neste Estado, mostram os resultados. O resultado final da eleição presidencial ainda está pendente, já que os votos continuam a ser contados.

Nacionalmente, Trump recebeu uma proporção maior de apoio de não brancos do que em 2016, de acordo com pesquisas de boca de urna da Edison Research, ajudando a compensar a queda de apoio entre brancos.

Neste ano, o endosso a Trump aumentou 3 pontos entre todos os latinos e 15 pontos entre os mais velhos, e saltou 11 pontos entre eleitores negros de 30 a 44 anos.

Biden ainda pode vencer a eleição com vitórias em outros Estados. Se perder, parte da culpa pode ser atribuída à sua incapacidade de engajamento com os eleitores latinos, disse Jaime Regalado, professor de Ciência Política da Universidade Estadual da Califórnia de Los Angeles.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247