Merkel busca melhores condições para investimentos no Brasil

Chanceler alemã, Angela Merkel, vai pressionar o Brasil nesta semana para garantir melhores condições de investimentos para empresas alemãs que colocaram 19 bilhões de euros na economia brasileira, mas enfrentam alta nos custos de energia, disseram autoridades do governo alemão

Chanceler alemã, Angela Merkel, vai pressionar o Brasil nesta semana para garantir melhores condições de investimentos para empresas alemãs que colocaram 19 bilhões de euros na economia brasileira, mas enfrentam alta nos custos de energia, disseram autoridades do governo alemão
Chanceler alemã, Angela Merkel, vai pressionar o Brasil nesta semana para garantir melhores condições de investimentos para empresas alemãs que colocaram 19 bilhões de euros na economia brasileira, mas enfrentam alta nos custos de energia, disseram autoridades do governo alemão (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

BERLIM (Reuters) - A chanceler alemã, Angela Merkel, vai pressionar o Brasil nesta semana para garantir melhores condições de investimentos para empresas alemãs que colocaram 19 bilhões de euros na economia brasileira, mas enfrentam alta nos custos de energia, disseram autoridades do governo alemão.

Merkel viaja a Brasília na quarta-feira para uma visita de dois dias acompanhada de uma delegação que inclui representantes de 11 departamentos do governo alemão e de grandes companhias do país.

Nenhum grande acordo empresarial deve ser anunciado durante a visita, mas o cenário para os investimentos deverá ser um dos principais itens da agenda para os alemães, que têm 1.300 empresas ativas no Brasil, país cuja economia está em recessão.

"Acho no geral que o clima para investimentos pode ser melhorado para torná-lo mais atrativo para investimentos alemães lá", disse uma importante autoridade do governo da Alemanha envolvida na preparação da viagem, a quarta de Merkel ao Brasil.

Essa autoridade classificou a economia brasileira como "um motivo para preocupação", mas acrescentou: "O Brasil é um parceiro importante, e o potencial está lá".

Autoridades alemãs esperam trabalhar com representantes brasileiros para encontrar consenso sobre políticas de clima antes de uma conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) em dezembro, na qual cerca de 200 países buscarão um acordo para limitar o aumento da temperatura global.

Os alemães esperam assinar acordos conjuntos com o governo brasileiro sobre política para o clima e cooperação para a inovação durante a viagem.

(Reportagem de Paul Carrel)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email