Mídia dos EUA decide atacar Alexandre de Moraes

A nova ofensiva midiática coincide com o combate, liderado pelo magistrado, ao terrorismo bolsonarista

www.brasil247.com - Alexandre de Moraes
Alexandre de Moraes (Foto: Reprodução | ABR)


247 - A grande mídia dos Estados Unidos disparou novos ataques contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, um dos líderes da reação enfática do Judiciário ao terrorismo bolsonarista. 

No último fim de semana, o New York Times questionou: "suas táticas agressivas estão gerando debate: alguém pode ir longe demais para lutar contra a extrema direita?". 

O autor da matéria, Jack Nicas, disse que Moraes utiliza "uma interpretação ampla dos poderes do tribunal" para "investigar e processar, bem como silenciar nas redes sociais, qualquer pessoa que considere uma ameaça às instituições brasileiras". 

Por sua vez, o Wall Street Journal, em um artigo assinado por Mary Anastasia O’Grady, vista por críticos como porta-voz do reacionarismo, falou no último de semana em "um forte traço autoritário" do ministro da Corte. 

"O juiz Moraes tornou-se o rosto de uma repressão à liberdade de expressão não vista desde que o país voltou à democracia sob a constituição de 1988", escreve a editora no jornal do império Murdoch. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247