Mulher que preparou arma de Baldwin era nova na profissão, segundo mídia

Segundo o portal TMZ, Hannah Reed, a encarregada das armas durante as filmagens, era nova na função, e a pólvora seca era "a coisa mais assustadora" para ela.

(Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News

Sputnik - Hannah Reed, que estava encarregada do manuseio de armas durante a rodagem do filme "Rust" com Alec Baldwin, só recentemente assumiu o cargo, escreve no sábado (23) o portal TMZ.

Hannah, de 24 anos, participou há um mês de um podcast, onde falou sobre sua primeira experiência nesse papel no recém-terminado filme "The Old Way".

"Sabe, eu estava muito nervosa no início, e quase não aceitei o trabalho porque não tinha a certeza se estava pronta [...] mas, fazendo isso, tipo, correu muito bem", relatou.

PUBLICIDADE

Ela ainda disse que carregar cartuchos de pólvora seca em uma arma cenográfica era "a coisa mais assustadora" para ela, porque não sabia como fazê-lo, sendo algo que seu pai a tinha ajudado a superar.

Seu pai, Thell Reed, é bem conhecido em Hollywood como especialista em armas nos filmes "Django Livre" ("Django Unchained") de 2012, e "Era Uma Vez Em... Hollywood" ("Once Upon a Time in Hollywood") de 2019, dirigidos por Quentin Tarantino.

PUBLICIDADE

Além disso, segundo revelou uma fonte ao TMZ, "aqui houve vários problemas com cartuchos sendo disparados quando eles não deveriam [...] não está claro quem era o responsável por armas naquela época".

Durante as filmagens do filme "Rust", em que o ator Alec Baldwin participava como protagonista, ele disparou uma arma que continha munição real em vez de cartuchos de pólvora seca, ferindo a diretora de fotografia Halyna Hutchins, que mais tarde morreu a caminho do hospital, e o diretor do filme, Joel Souza.

PUBLICIDADE

Ainda não foi apresentada nenhuma acusação contra o ator, mas as autoridades emitiram um mandado de busca para a propriedade onde o filme foi filmado.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email