Rússia condena assassinato de general ordenado por Trump e declara apoio ao Irã

"Consideramos o assassinato de Soleimani na sequência do ataque dos Estados Unidos contra imediações de Bagdá como um passo aventureiro, que conduzirá a um aumento de tensões em toda a região", disse o ministério russo

Vladimir Putin
Vladimir Putin (Foto: Sputnik/Mikhail Klimentyev/Kremlin via REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Rússia considera que a morte do comandante da Força Quds iraniana, o general Qasem Soleimani, em um ataque dos Estados Unidos no Iraque provocará novas tensões no Oriente Médio, declarou o Ministério de Relações Exteriores da Rússia.

O ministério russo expressou suas condolências ao povo iraniano pela morte do general Soleimani.

"Consideramos o assassinato de Soleimani na sequência do ataque dos Estados Unidos contra imediações de Bagdá como um passo aventureiro, que conduzirá a um aumento de tensões em toda a região", disse à rádio Sputnik.

O general Soleimani morreu na madrugada de 3 de janeiro em um ataque aéreo norte-americano na capital iraquiana por ordem direta do presidente Donald Trump.

O Pentágono declarou que a operação foi realizada para "proteger os cidadãos norte-americanos no exterior" e tinha como objetivo impedir "futuros planos de ataque" por parte do Irã.

Washington considera que Soleimani está implicado nos ataques contra bases da coalizão no Iraque e contra a Embaixada dos Estados Unidos em Bagdá em 31 de dezembro.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247