Venezuela acusa EUA de invadirem espaço aéreo

"Nossos meios de observação permitiram registar um avião Dash 8 da Guarda Costeira dos EUA que entrou ilicitamente no espaço aéreo da Venezuela no dia 17 de setembro", afirmou o ministro Padrino Lopez, citado pela agência Universal

"Nossos meios de observação permitiram registar um avião Dash 8 da Guarda Costeira dos EUA que entrou ilicitamente no espaço aéreo da Venezuela no dia 17 de setembro", afirmou o ministro Padrino Lopez, citado pela agência Universal
"Nossos meios de observação permitiram registar um avião Dash 8 da Guarda Costeira dos EUA que entrou ilicitamente no espaço aéreo da Venezuela no dia 17 de setembro", afirmou o ministro Padrino Lopez, citado pela agência Universal (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Segundo a agência Universal, o ministro Padrino Lopez declarou que o avião norte-americano tinha entrado na área de controlo de voo da Venezuela sem informar o Centro de Coordenação de Voos.

Segundo diz, o incidente ocorreu no dia 17 de setembro. 

"Nossos meios de observação permitiram registar um avião Dash 8 da Guarda Costeira dos EUA que entrou ilicitamente no espaço aéreo da Venezuela no dia 17 de setembro", afirmou o ministro, citado pela agência Universal

Padrino Lopez comunicou que o mesmo avião já tinha entrado no espaço aéreo da Venezuela no dia 8 de novembro no ano passado, tendo na altura "os EUA reconhecido o fato de violação do espaço aéreo".

.@vladimirpadrino denuncia violación de espacio aéreo por parte de una aeronave tipo Dash 8 de la Guardia costera de #EEUU el 19/09.

Segundo o ministro, este não é um caso isolado, só em 2016 foram registrados 32 incidentes semelhantes com aeronaves norte-americanas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email