Bons propósitos de Ano Novo. Sete conselhos de eficácia

São poucas as regras básicas que devem ser respeitadas para que nossos projetos, promessas e esperanças de Ano Novo não terminem na vala comum dos fracassos. Aqui estão algumas delas.

São poucas as regras básicas que devem ser respeitadas para que nossos projetos, promessas e esperanças de Ano Novo não terminem na vala comum dos fracassos. Aqui estão algumas delas.
São poucas as regras básicas que devem ser respeitadas para que nossos projetos, promessas e esperanças de Ano Novo não terminem na vala comum dos fracassos. Aqui estão algumas delas. (Foto: Luis Pellegrini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

 


Por: Equipe Oásis

 

Toda virada de ano poucos são os que deixam de fazer uma lista de bons propósitos para serem cumpridos ao longo do período que tem início. Vou emagrecer, vou ler um livro por semana, vou tratar melhor o meu marido, vou jogar fora todos os objetos que acumulei e não servem mais para nada, vou estudar piano, vou finalmente conhecer a Europa. A lista pode ser muito, muito extensa. Mas... a verdade é poucos conseguem realmente cumprir com tudo aquilo que prometeram. Vão fraquejando, vão se esquecendo, vão desistindo no meio do caminho...

No entanto, basta observar uma curta série de regras básicas para que os projetos alcancem êxito. E todas elas assentam sobre dois pilares principais: perseverança e atenção concentrada sobre o objetivo traçado.

Aqui estão sete dessas regras que, se respeitadas, lhe ajudarão a levar a cabo os seus bons propósitos. Comece já.

 

 

 

1 Não exprimir desejos genéricos: “Ah, como eu gostaria de voltar a falar com minha sogra”. Exprima um propósito claro, determinado e preciso: “Não falo com minha sogra há cinco. Vou procura-la e pedir para conversarmos”. Dessa forma você passará da simples e inócua expressão de um desejo à expressão ativa de uma realização. Um outro exemplo: “Preciso ser mais organizado na vida”. Isso é demasiado vago. Melhor dizer: “Vou por ordem no meu quarto e no escritório. E vou mantê-los em ordem”.

 

 

 

2 Focalizar a atenção sobre objetivos precisos e proceder passo a passo. Exemplo: Vou emagrecer 3 quilos até o final de fevereiro; e perder mais 3 até o final de abril.



3 Monitorar os progressos. Isso lhe fará permanecer concentrado sobre os objetivos, e lhe ajudará a perceber se tomou o caminho certo. Além disso, constatar a cada dia o sucesso alcançado anima, proporciona satisfação e força para persistir.




4 Compartilhar o objetivo e os progressos com quem está a seu lado. Isso lhe ajudará a permanecer concentrado nas metas a serem alcançadas.

 

 

5  Praticar mais esportes e atividades físicas é uma das metas de fim de ano mais difusas. Procure incorporar a atividade física na rotina do seu dia-a-dia. Por exemplo, indo para o local de trabalho a pé ou em bicicleta. Se o local de trabalho for muito distante, desça do ônibus ou estacione o carro algumas quadras antes de chegar ao local. E prossiga a pé.




6  Veja longe, alargue o seu ângulo de visão das coisas. Não assuma nenhum empenho consigo mesmo com base apenas naquilo que você tem em mente ou que o preocupa no momento. Em vez disso, reflita a respeito que você realmente quer mudar em você e na sua vida, e reafirme esse propósito ao longo de todo o ano.

 

 

7 Nunca dê o passo maior do que a perna. Ao fixar as mudanças que deseja realizar em 2016, fixe o objetivo mais simples para que seja alcançado até o final de janeiro, e em seguida fixe os demais.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247