Janot denunciará Temer como chefe de quadrilha

O procurador-geral da república, Rodrigo Janot, está focado em construir uma denúncia consistente para acusar Michel Temer de atuar como “chefe de organização criminosa”, dada a quantidade e a diversidade de indícios de crimes praticados nos esquemas do peemedebista; o Planalto e sua tropa de choque, por outro lado, já se preparam para a escalada de tom da PGR e tentam desqualificar Janot, apontando uma suposta "violência processual" do procurador-geral; a expectativa é que Janot anuncie a primeira denúncia contra Temer já na semana que vem

O procurador-geral da república, Rodrigo Janot, está focado em construir uma denúncia consistente para acusar Michel Temer de atuar como “chefe de organização criminosa”, dada a quantidade e a diversidade de indícios de crimes praticados nos esquemas do peemedebista; o Planalto e sua tropa de choque, por outro lado, já se preparam para a escalada de tom da PGR e tentam desqualificar Janot, apontando uma suposta "violência processual" do procurador-geral; a expectativa é que Janot anuncie a primeira denúncia contra Temer já na semana que vem
O procurador-geral da república, Rodrigo Janot, está focado em construir uma denúncia consistente para acusar Michel Temer de atuar como “chefe de organização criminosa”, dada a quantidade e a diversidade de indícios de crimes praticados nos esquemas do peemedebista; o Planalto e sua tropa de choque, por outro lado, já se preparam para a escalada de tom da PGR e tentam desqualificar Janot, apontando uma suposta "violência processual" do procurador-geral; a expectativa é que Janot anuncie a primeira denúncia contra Temer já na semana que vem (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Pessoas próximas ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmam que o MPF (Ministério Público Federal) está focado em construir uma denúncia consistente o suficiente para acusar Michel Temer de atuar como “chefe de organização criminosa”.

Do outro lado, aliados do peemedebista dizem estar preparados para uma escalada no tom da PGR e se armam para apontar suposta “violência processual” de Janot, criticando seu “rito” e sua “pressa”.

Procurada, a PGR disse que não iria se manifestar. A expectativa é que Janot apresente a primeira denúncia contra Temer na próxima semana.

As informações são da coluna Painel na Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247