Marina rechaça golpe: não se troca de governo como de camisa

Ex-presidenciável, Marina Silva afirmou em palestra a estudantes da Universidade Harvard, nos EUA, que “as pessoas devem ter maturidade com suas escolhas”; em referência indireta ao movimento golpista contra a presidente Dilma Rousseff, ela disse que governo “não é como uma camisa que se troca todo dia”; a ex-ministra afirmou que o país vive um “grave problema com a corrupção”; segundo ela, não se trata de ‘um problema de Dilma, Lula, de Fernando Henrique, nem de Collor, nem de Sarney’; “é um problema nosso. E que, enquanto se achar que o problema é deles, vamos continuar tendo esse problema” 

Ex-presidenciável, Marina Silva afirmou em palestra a estudantes da Universidade Harvard, nos EUA, que “as pessoas devem ter maturidade com suas escolhas”; em referência indireta ao movimento golpista contra a presidente Dilma Rousseff, ela disse que governo “não é como uma camisa que se troca todo dia”; a ex-ministra afirmou que o país vive um “grave problema com a corrupção”; segundo ela, não se trata de ‘um problema de Dilma, Lula, de Fernando Henrique, nem de Collor, nem de Sarney’; “é um problema nosso. E que, enquanto se achar que o problema é deles, vamos continuar tendo esse problema” 
Ex-presidenciável, Marina Silva afirmou em palestra a estudantes da Universidade Harvard, nos EUA, que “as pessoas devem ter maturidade com suas escolhas”; em referência indireta ao movimento golpista contra a presidente Dilma Rousseff, ela disse que governo “não é como uma camisa que se troca todo dia”; a ex-ministra afirmou que o país vive um “grave problema com a corrupção”; segundo ela, não se trata de ‘um problema de Dilma, Lula, de Fernando Henrique, nem de Collor, nem de Sarney’; “é um problema nosso. E que, enquanto se achar que o problema é deles, vamos continuar tendo esse problema”  (Foto: Roberta Namour)

247 – Em conversa com estudantes da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, a ex-presidenciável Marina Silva criticou indiretamente o movimento golpista contra a presidente Dilma Rousseff. Segundo reportagem de Roberto Fonseca, do ‘Estado de S. Paulo’, ela afirmou que “as pessoas devem ter maturidade com suas escolhas” e disse que governo “não é como uma camisa que se troca todo dia”.

Marina também afirmou que o país vive um “grave problema com a corrupção”. Segundo ela, não se trata de ‘um problema de Dilma, Lula, de Fernando Henrique, nem de Collor, nem de Sarney’; “é um problema nosso. E que, enquanto se achar que o problema é deles, vamos continuar tendo esse problema”.

Ela, no entanto, criticou as gestões Lula e Dilma. De acordo com Marina, “se o governo não tivesse tratado a crise em 2008 como ‘marolinha’, talvez o País estivesse melhor”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247