Eduardo já conta com embaixada e promete: “serei um mini-presidente lá nos EUA”

Deputado, filho do presidente, afirmou em entrevista ao SBT que pretende trabalhar para “reverter a imagem ruim” do país lá fora. "Certamente serei um representante do governo, serei um mini-presidente lá nos Estados Unidos"

(Foto: Instagram)

247 - O deputado federal Eduardo Bolsonaro promete ser um "mini-presidente lá nos Estados Unidos" caso seja aprovada pelo Senado sua indicação para o cargo de embaixador do Brasil em Washington. A declaração foi feita em entrevista ao SBT exibida nesta sexta-feira 16.

Com tantos planos, aparentemente o filho do presidente da República já conta com votação favorável no Senado. “Um embaixador não pode fazer um juízo contrário àquilo que pediram os brasileiros. Certamente serei um representante do governo, serei um mini-presidente lá nos Estados Unidos, assim como são todos os outros embaixadores nas suas posições", afirmou.

"Eu quero reverter essa imagem ruim, porque eu vejo que muito dessa imagem é com base em fake news e em comentários inapropriados. Eu acredito que o Jair Bolsonaro está convergindo para aquilo que os brasileiro pediram. É uma política contra a ideologia de gênero, que olha pelo produtor rural e contra o radicalismo ambiental”, declarou ainda.

Na entrevista à jornalista Debora Bergamasco, ele disse ainda que  a indicação para o cargo de embaixador partiu do chanceler Ernesto Araújo, não de Bolsonaro, e que o pai não conversava sobre esse tema com ele. "De certa forma eu fui pego de surpresa", disse.

Reportagem do Huffington Post publicada neste sábado aponta que Bolsonaro negocia caro com o Senado para aprovar o nome de seu filho para o cargo, selecionando cargos em aberto ou por vagar para distribuir a aliados, numa “troca de favores”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247