Moraes determina prisão de Roberto Jefferson

A ordem foi dada após o ex-parlamentar fazer ataques contra a ministra Cármen Lúcia, ao chamar a juíza de prostituta

www.brasil247.com - Roberto Jefferson e Alexandre de Moraes.
Roberto Jefferson e Alexandre de Moraes. (Foto: Weleson Nascimento/PTB Nacional | ROSINEI COUTINHO/SCO/STF)


247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou a prisão do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), investigado no inquérito das milícias digitais. Atualmente o petebista cumpre prisão domiciliar. Ele trocou tiros com a polícia no Rio de Janeiro. 

A ordem foi dada após o ex-parlamentar fazer ataques contra a ministra Cármen Lúcia, ao chamar a juíza de prostituta. 

Os senadores de oposição Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Eliziane Gama (Cidadania-MA) pediram ao STF a prisão de Jefferson. De acordo com os parlamentares, o ex-deputado não cumpre as obrigações da prisão domiciliar.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247