Bolsonaro, que ataca nordestinos, vai ao Piauí inaugurar escola com seu nome

Jair Bolsonaro testará sua popularidade em Parnaíba (PI) nesta quarta-feira (14), onde participa da inauguração de uma escola do Sesc, que terá o nome de Escola Presidente Jair Messias Bolsonaro

Presidente da República, Jair Bolsonaro fala ao povo
Presidente da República, Jair Bolsonaro fala ao povo (Foto: Alan Santos/PR)

247 - Jair Bolsonaro (PSL) viaja para Parnaíba (PI) nesta quarta-feira (14), onde participa da inauguração de uma escola do Serviço Social do Comércio (Sesc) que seguirá modelo de ensino militarizado, e terá o nome de Escola Presidente Jair Messias Bolsonaro.

A iniciativa da homenagem partiu do presidente do conselho regional do Sesc no Piauí, Valdeci Cavalcante: “Não estamos homenageando o Bolsonaro. Ele é que irá nos homenagear se aceitar colocar seu nome em nossos anais”, afirmou o empresário ao jornal Folha de S. Paulo.

A escola terá em seu currículo a disciplina “educação, moral e cívica”, instaurada nas escolas durante a ditadura militar para ensinar sobre civismo e patriotismo.

Também nesta quarta-feira, no Piauí, o presidente participa da “inauguração” de uma avenida batizada com o nome do general João Baptista Figueiredo, último dos presidentes da ditadura, que governou o Brasil de 1979 a 1985.

Nas últimas semanas, Jair Bolsonaro tem atacado os moradores do Nordeste com agressões e declarações preconceituosas.  No último domingo, 11, Bolsonaro disse que o Nordeste precisava de "chuva de honestidade".

A reprovação de Bolsonaro no Nordeste aumentou 27 pontos percentuais em oito meses. Em janeiro 26% dos eleitores da região avaliavam o presidente como ruim e péssimo. De acordo com pesquisa XP Investimentos/Ipespe, o percentual chegou a 53% em agosto (leia mais no Brasil 247). 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247