Após bacalhau, juiz faz vistoria na cela de Esteves

Segundo o colunista Ancelmo Gois, a mulher do banqueiro levou um prato de bacalhau do Antiquarius para lá, sábado passado; diante do magistrado que apurava suspeitas de que o empresário teria regalias no cárcere, o banqueiro se desculpou: “Não sabia que não podia trazer bacalhau para cá. Agora, vou comer apenas a comida que dão para os presos”

Rio de Janeiro - O banqueiro Andr� Esteves deixa sede da Pol�cia Federal na Pra�a Mau� em dire��o ao Pres�dio Ary Franco (Fernando Fraz�o/Ag�ncia Brasil)
Rio de Janeiro - O banqueiro Andr� Esteves deixa sede da Pol�cia Federal na Pra�a Mau� em dire��o ao Pres�dio Ary Franco (Fernando Fraz�o/Ag�ncia Brasil) (Foto: Roberta Namour)

247 - O juiz Eduardo Oberg, da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, realizou, ontem, uma vistoria na cela do banqueiro André Esteves, a partir de suspeitas de que o empresário teria regalias no cárcere.

Segundo o colunista Ancelmo Gois, a mulher do banqueiro levou um prato de bacalhau do Antiquarius para lá, sábado passado. Diante do magistrado, o banqueiro se desculpou: “Não sabia que não podia trazer bacalhau para cá. Agora, vou comer apenas a comida que dão para os presos”.

Em dias de visitas, os detentos teriam direito a receber qualquer alimento desde que colocados em bolsas transparentes.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247