Câmara de BH veta proposta de homenagem a Bolsonaro por atuação na pandemia

Uma proposta na Câmara dos Vereadores de Belo Horizonte pedia uma homenagem à "atuação exemplar e valorosa” de Jair Bolsonaro na pandemia da Covid-19

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Por 16 votos a oito, a Câmara de Vereadores de Belo Horizonte (MG) vetou nesta terça-feira (7) uma moção de aplausos a Jair Bolsonaro pela atuação na pandemia do coronavírus. A proposta pedia uma homenagem à "atuação exemplar e valorosa do presidente na prestação de socorro e auxílio às vítimas da pandemia". 

Bolsonaro, que afirmou ter sido infectado pela Covid-19, diminuiu em mais de uma ocasião os impactos da pandemia. No mês passado, ele afirmou que "talvez tenha havido um pouco de exagero" na maneira como a doença foi tratada. Também chegou a classificá-la como uma "gripezinha", em março, e perguntou "e daí?" ao ser questionado sobre os cinco mil mortos pela doença, em abril.

Outro detalhe é que, desde a saída de Nelson Teich do ministério da Saúde, em 15 de maio, a pasta continua sem ministro. O principal integrante da pasta é o general Eduardo Pazuello. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247