Homem que atacou entregador em Valinhos é denunciado por discriminação de raça e cor

MP-SP denunciou homem que atacou entregador em Valinhos por discriminação de raça e cor. No dia 31 de julho, Matheus Abreu Almeida Prado Couto chamou o entregador Matheus Pires Barbosa de “lixo e semianalfabeto”

Jovem entregador de aplicativo é vítima de racismo em Valinhos
Jovem entregador de aplicativo é vítima de racismo em Valinhos (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) denunciou, nesta terça-feira, 1, homem que atacou entregador em Valinhos por discriminação de raça e cor. No dia 31 de julho, Matheus Abreu Almeida Prado Couto chamou o entregador Matheus Pires Barbosa de “lixo e semianalfabeto”.

O motoboy estava em um condomínio da cidade, quando solicitante do serviço, o contabilista Couto, o chamou de "lixo e semianalfabeto" e afirmou que o jovem teira “inveja de sua cor". O ataque foi registrado em vídeo por um dos moradores do condomínio.

Segundo a promotora Regina Mondin os termos ofensivos foram utilizados "com a intenção não só de desqualificar e humilhar o entregador, mas de afirmar sua superioridade e subjugar todos os integrantes da população negra".

Couto agiu "com a mesma intenção discriminatória de raça e cor, em menosprezo à população negra, cuspiu no entregador e, com deboche, imitou um macaco/gorila, batendo em seu próprio peito e fazendo sinais e sons, comportando-se como o animal".

O MP-SP pediu que ele seja obrigado a pagar valor a ser determinado pelo Judiciário para reparação dos danos morais causados à vítima e à coletividade. A Polícia Civil de SP também abriu um inquérito para investigar a acusação de injúria racial.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247