Homem que matou dois torcedores do Santos, após confronto com Palmeiras, é preso

Apesar de ter tentado fugir após o crime, o carro em que estava foi abordado pela Polícia Militar e ele confessou o crime

Briga de torcedores
Briga de torcedores (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes / Estadão Conteúdo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O homem que atirou e matou dois torcedores do Santos na noite deste domingo, 23, em Mauá, após um jogo entre o peixe contra o Palmeiras, foi preso. A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que trata-se de um jovem de 21 anos de idade e que ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Santo André. 

Apesar de ter tentado fugir após o crime, o carro em que estava foi abordado pela Polícia Militar e ele confessou o crime. Os outros jovens que estavam no carro foram liberados após serem ouvidos pela polícia.

O homem detido matou dois outros jovens de 21 e 22 anos. Durante a briga, o palmeirense acabou sacando uma arma e atirando em três santistas. Um deles foi atingido de raspão e não se feriu gravemente, mas os outros dois morreram.

A Guarda Civil Municipal (GCM) informou que os santistas chegaram armados com pedaços de pau e começou uma briga entre os torcedores. Dois torcedores do Santos foram baleados e morreram antes de chegar ao Hospital.

“Eles disseram que como estavam em minoria, em menor número, na hora do confronto, para defesa deles próprios eles resolveram aí a sacar arma de fogo pra tentar se defender e se desvencilhar das agressões por parte da outra torcida. Os mesmos foram abordados e conduzidos ao 1º Distrito Policial onde foi feita a confissão por parte dos mesmos”, afirmou o GCM André Gonçalves.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247