Lindbergh: 'PT votará pela cassação de Cunha'

Senador Lindbergh Farias (PT-RJ) refutou informações de que os deputados da legenda e o Planalto estariam articulando apoio ao presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-EJ); Conselho de Ética da Casa se reúne, nesta terça-feira (24), para debater o processo de cassação do peemedebista por quebra de decoro parlamentar; segundo o petista, Cunha "foi a pessoa que mais atrapalhou a presidenta Dilma e o Brasil, em aliança com o PSDB"; "Então, nessa hora, fiquem tranquilos: os deputados do PT vão votar pela cassação do presidente da Câmara"

senador Lindbergh Farias
senador Lindbergh Farias (Foto: Leonardo Lucena)

Rio 247 - O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) refutou informações de que os deputados da legenda e o Planalto estariam articulando apoio ao presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-EJ). O Conselho de Ética da Casa se reúne, na tarde desta terça-feira (24), para debater o processo de cassação do peemedebista por quebra de decoro parlamentar - Cunha é acusado de mentir à CPI da Petrobras ao negar ter contas no exterior.

"Saiu em alguns jornais que o governo ia conversar com parlamentares do PT para blindar Eduardo Cunha. Essa notícia não tem sentido algum e, inclusive, o ministro Edinho Silva, da Secretaria de Comunicação Social, já negou. Até porque Eduardo Cunha foi a pessoa que mais atrapalhou a presidenta Dilma e o Brasil, em aliança com o PSDB. Então, nessa hora, fiquem tranquilos: os deputados do PT vão votar pela cassação do presidente da Câmara", disse Lindbergh, nesta segunda-feira (23), em vídeo publicado em uma rede social.

De acordo com o parlamentar, os tucanos os apoiadores de Cunha na eleição para a Presidência da Câmara, em fevereiro. À época, o PT lançou o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) como candidato.

"Quem pariu Mateus, que o embale. E quem pariu o Eduardo Cunha foram os tucanos, que tinham uma aliança sólida com ele. Não queiram jogar agora no colo do PT. Nossa bancada está firme e vai votar contra Cunha, pela sua cassação", disparou o petista.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247