Polícia do RJ supera criminosos paulistas em taxa de mortes

Com taxa de mortos de 10,5 para cada 100 mil habitantes, segundo o ISP (Instituto de Segurança Pública) fluminense, a polícia do Rio supera a taxa de crimes violentos intencionais provocados por criminosos em São Paulo, de 7,2 por 100 mil habitantes

(Foto: Agência Brasil/Tomaz Silva)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com taxa de mortos de 10,5 para cada 100 mil habitantes, segundo o ISP (Instituto de Segurança Pública) fluminense, a polícia do Rio de Janeiro supera a taxa de crimes violentos intencionais provocados por criminosos em São Paulo, de 7,2 por 100 mil habitantes — o dado inclui homicídios dolosos, latrocínios e casos de lesão corporal seguida de morte. A taxa de mortes provocadas por policiais paulistas é de 8,9 por 100 mil habitantes, abaixo da polícia do estado vizinho.

A taxa de mortos pela polícia do Rio de Janeiro é mais alta nas regiões de Grande Niterói (19,9), Baixada Fluminense (13,7) e na capital (10,9).

O Rio de Janeiro registrou no ano passado 1.810 mortes provocadas pela polícia. Foi o maior número da série histórica para esse registro, iniciada em 1998. No mesmo período, o estado registrou a menor taxa de homicídios dolosos desde 1991 - 23,2 por 100 mil habitantes.

As mortes provocadas pela polícia do Rio representaram quase um terço (30,3%) de todas as mortes violentas no estado. É a maior proporção já registrada na história do Rio de Janeiro. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247