Vacinação em São Paulo pode começar na segunda-feira (18) se Anvisa aprovar Coronavac, diz secretário de Saúde

“Se tiver tudo ok, na segunda-feira teremos o nosso programa realmente implementado", afirmou o secretário estadual da Saúde de São Paulo, Sérgio Gorinchteyn, à CBN

Médico infectologista Jean Gorinchteyn
Médico infectologista Jean Gorinchteyn (Foto: Governo de São Paulo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O secretário de Saúde do estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou neste sábado (16) que a vacinação contra a Covid-19 por meio da Coronavac pode ser iniciada já na segunda-feira (18), caso a Anvisa aprove o uso emergencial do imunizante. 

“Se tiver tudo ok, na segunda-feira teremos o nosso programa realmente implementado", afirmou Gorinchteyn à CBN. 

A Anvisa deve decidir neste domingo (17) se aprova o uso emergencial de duas vacinas contra o coronavírus no Brasil: a vacina da Astrazeneca em parceria com a Universidade de Oxford, que será produzida no Brasil pela FioCruz; e a vacina Coronavac, produzida pela empresa Sinovac e que será feita no país pelo Instituto Butantan. 

Segundo secretário Jean Gorinchteyn, o fato de São Paulo iniciar eventualmente antes a vacinação não seria uma desobediência do programa nacional de imunização. "Para nós é uma alegria democratizar e permitir que todos os brasileiros, pelo menos grande parte no momento, tenham acesso à vacina”, afirmou. 

Nessa sexta-feira (15), depois que foi frustrado o plano de buscar 2 milhões de doses da vacina da Astrazeneca na Índia, o Ministério da Saúde tentou confiscar do Instituto Butantan a produção de 6 milhões de doses da Coronavac. Em resposta, o instituto disse que não tem como liberar as vacinas sem que antes o governo apresente um plano de distribuição do imunizante.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email