Pimenta: TRF-4 confirma que se transformou em palco da política

Deputado chama de “julgamento envergonhado” a sessão virtual em que os desembargadores do Tribunal da 4ª Região rejeitaram nesta quarta-feira mais um recurso da defesa de Lula no caso do sítio de Atibaia

(Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) chamou de “julgamento envergonhado” a sessão virtual desta quarta-feira 6 em que os desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) rejeitaram novo recurso da defesa do ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia.

Os advogados de Lula argumentaram em nota que, com o formato do julgamento, foram violados direitos da defesa e a decisão ignorou “diversas omissões, contradições e obscuridades apontadas deixarem de ser sanadas” com a rejeição do recurso no caso do sítio.

“Lula é inocente, nenhuma prova foi apresentada e o TRF4 só confirma que se transformou em palco da política”, comentou Paulo Pimenta. Segundo ele, “provas foram desconsideradas e mais uma vez a perversidade presente nas delações seletivas e bem ‘pagas’ foi o máximo que foi apresentado pelo MPF da Lava Jato”.

 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247