O neoliberalismo e a terra arrasada: a Argentina como espelho do Brasil

Dedicar nossa atenção sobre o que está sendo exposto e debatido no caso da Argentina vai nos ajudar a compreender melhor nossa própria situação e, com isso, encontrar formas de derrotar os eternos inimigos das maiorias populares

www.brasil247.com -
(Foto: Pixabay / Pexels)


Fiz a tradução ao português e a legendagem deste documentário argentino de 2019 por uma razão que me pareceu essencial: a atualidade do mesmo para ajudar-nos a entender tudo pelo que o Brasil vem passando nos últimos cinco anos.

O desenrolar da narrativa do vídeo revela os mecanismos usados pelas forças atreladas aos interesses do grande capital quando decidem eliminar da cena política aquelas pessoas ou organizações que, além de oferecerem resistência aos mesmos, demonstram ter força e capacidade de incomodar.

A forma de atuar do imperialismo na era do capitalismo neoliberal apresenta muitas características semelhantes em quase todas as partes onde os interesses do grande capital desejam se sobrepor aos das maiorias populares. Os acontecimentos recentes no Brasil, no Equador, no Peru, na Bolívia, na Argentina, etc., não deixam margem para dúvidas quanto aos laços vinculantes entre todos eles.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os agentes encarregados da gestão da defesa dos negócios do grande capital têm sabido fazer uso dos conhecimentos extraídos de experiências ocorridas em alguns países para estendê-las a outros. O emprego combinado de lawfare (uso persecutório do sistema judicial) com uma intensa manipulação midiática não é exclusividade de nenhum de nossos países. Parece até que existe uma cartilha de aceitação universal que eles vêm seguindo à risca.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em meu entender, a clareza exposta neste documentário sobre a tragédia que marcou o processo que levou o neoliberalismo de Mauricio Macri ao governo da Argentina vai nos ajudar a entender melhor também o sofrimento pelo qual o povo brasileiro está passando.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por isso, dedicar nossa atenção sobre o que está sendo exposto e debatido no caso da Argentina vai nos ajudar a compreender melhor nossa própria situação e, com isso, encontrar formas de derrotar os eternos inimigos das maiorias populares.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email