Empresários bolsonaristas negam ajuda financeira a Olavo de Carvalho, que atacou Hang e Bolsonaro

Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, foi a público atacar Bolsonaro e Luciano Hang (dono da Havan) por não receber ajuda financeira. Se Hang e Bolsonaro cederam, empresários bolsonaristas disseram à Folha de S. Paulo que não irão ajudar o astrólogo

Guru do bolsonarismo, Olavo de Carvalho
Guru do bolsonarismo, Olavo de Carvalho (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após os ataques contra Luciano Hang, dono da Havan e empresário bolsonarista, empresários ligados a Jair Bolsonaro afirmaram que não darão dinheiro ao guru do governo federal, Olavo de Carvalho, que foi multado em R$ 2,8 milhões por uma acusação de pedofilia contra o compositor Caetano Veloso.

No domingo, 7,  guru bolsonarista surtou e atacou Bolsonaro e Luciano Hang, falando que iria derrubar seu governo se ele continuasse “inativo e covarde”. Ele reclamou que não estava recebendo ajuda para fazer frente aos processos que responde. 

“Você não é meu amigo! Você se aproveitou! Enfia a condecoração no cu! Não quero mais saber! Você vê o crime e não faz nada. Isso é prevaricação! Continue covarde e derrubo essa merda de governo de generais vendidos”, acrescentou contra Bolsonaro.

O guru ainda disse que Hang é um “palhaço”, que se veste de “Zé Carioca”, e “que não tem cultura e não gosta de quem tem". Em resposta, Hang divulgou um vídeo defendendo o astrólogo, dizendo que Olavo apenas fez um desabafo e chutou o pau da barraca.

Hang também falou que o guru tinha razão e pediu para que as pessoas em torno de Bolsonaro o ajudassem financeiramente e pediu advogados para defendê-lo gratuitamente. 

Entrentato, empresários bolsonaristas procurados pela coluna Painel S.A., na Folha de S. Paulo, disseram que não iriam contribuir.

“Procurados pela coluna, Flávio Rocha (Riachuelo), Sebastião Bomfim (Centauro), Edgard Corona (SmartFit) e Washington Cinel (Gocil), que circulam no entorno do presidente, negaram intenção de participar da ajuda financeira”. (Folha de S. Paulo - 08/06/2020)

A crise ademais se estendeu para um setor da base "evangélica" do bolsonarismo. O empresário Silas Malafaia disse que Olavo de Carvalho é um "astrólogo falido" que não derruba "nem síndico de prédio".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247