‘Esquerda precisa ser racional e aceitar os ex-golpistas na luta contra Bolsonaro’, diz Marcia Tiburi

Filósofa e nova integrante do conselho editorial do Brasil 247, Marcia Tiburi disse à TV 247 que é preciso “analisar racionalmente as posições políticas” de golpistas arrependidos e aproveitá-los na luta contra Jair Bolsonaro. “Isso não significa que nós vamos nos tornar amigos dessas pessoas, que vamos desenvolver laços de confiança. Porém agora é importante aceitar”. Assista

Marcia Tiburi
Marcia Tiburi (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A filósofa, professora e mais nova integrante do conselho editorial do Brasil 247, Marcia Tiburi, falou à TV 247 que é preciso que a esquerda aceite os golpistas arrependidos em seu campo de luta política e aproveite tais reforços para engrossar a luta contra o governo Jair Bolsonaro.

“Como a gente vai lidar com golpistas arrependidos? De maneira cristã e de maneira ética, aceitando que essas pessoas estão arrependidas. Isso não significa que nós vamos nos tornar amigos dessas pessoas, que nós vamos desenvolver com elas laços de confiança. A confiança é uma coisa que você conquista, demora, pode ser que daqui dez anos sejam pessoas confiáveis, porém agora é importante aceitar”, explicou.

Tratando do youtuber Felipe Neto e da jornalista Miriam Leitão, do Globo, Marcia Tiburi exemplificou a importância destas duas personalidades no combate ao bolsonarismo, ainda que tenham apoiado o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff e que resultou no atual governo.

“Acho terrível, por exemplo, o que fazem com o Felipe Neto. Eu que não sou da geração Felipe Neto, eu nem sabia que ele tinha sido golpista, mas que bom que ele não é mais. Que bom que agora ele está percebendo, ele que é um menino jovem e tem tempo de se reconstituir, que bom que ele está percebendo, e eu acho que ele tem feito um excelente papel. Então acho que reconhecer, seja um Felipe Neto, seja uma Miriam Leitão, que foi muito golpista e que nesse momento ataca Bolsonaro, isso não torna a Miriam Leitão uma pessoa confiável, mas torna uma pessoa interessante no combate ao Bolsonaro”.

Para a filósofa, a esquerda precisa ser “racional” e pensar de forma prática neste caso. “Eu peço que a esquerda seja menos emocional, mais racional e mais pragmática nesse sentido, o que não quer dizer que a gente vai simplesmente começar a endeusar as pessoas. Analisar racionalmente as posições políticas dessas pessoas em um jogo de xadrez que está sendo jogado no Brasil acho que é bem importante. Aceitemos os ex-golpistas e aproveitemos que os ex-golpistas estão aí batendo nos golpistas que estão acima deles”.

Inscreva-se na TV 247 e assista à fala de Marcia Tiburi na íntegra:

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247