Forças Armadas foram avisadas sobre atos bolsonaristas contra STF

"Uma equipe do movimento 7 de setembro entregou em Brasília um documento oficial informando os comandantes das três Forças Armadas sobre a realização do evento”, informou o bolsonarista Bruno Henrique Semczeszm

www.brasil247.com -
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Fotos Públicas)


247 - A cúpula das Forças Armadas foi avisada formalmente sobre as manifestações convocadas para o dia 7 de setembro, quando bolsonaristas estão organizando atos contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e pelo voto impresso.

Os organizadores do movimento foram alvos, nesta sexta-feira, 20, de mandados de busca e apreensão determinados pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF.

Em um dos vídeos de divulgação do ato, publicado no dia 12 de agosto, Bruno Henrique Semczeszm, um dos arrolados entre os 29 mandados de busca executados pela Polícia Federal disse que "uma equipe do movimento 7 de setembro entregou em Brasília um documento oficial informando os comandantes das três Forças Armadas sobre a realização do evento".

Nesta sexta-feira, 20, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou ações de busca e apreensão da Polícia Federal (PF) contra bolsonaristas, como o cantor Sergio Reis e o deputado Otoni de Paula, que estão organizando uma manifestação no dia 7 de setembro contra o STF e pelo voto impresso.

No fim do dia, Bolsonaro apresentou o pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e prometeu protocolar o impeachment do ministro Luis Roberto Barroso, do TSE.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email