PF faz buscas contra Sérgio Reis e deputado bolsonarista Otoni de Paula

STF autorizou 29 mandados no âmbito do inquérito que apura manifestações contrárias às instituições, ou seja, que defendem um golpe no país

www.brasil247.com - Cantor Sérgio Reis e deputado federal Otoni de Paula
Cantor Sérgio Reis e deputado federal Otoni de Paula (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados | Reuters |)


247 - O deputado federal bolsonarista Otoni de Paula (PSC-RJ) e o cantor Sérgio Reis, que recentemente defendeu abertamente um golpe no país, são alvos de mandados de busca e apreensão expedidos pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. 

O magistrado autorizou 29 mandados no âmbito do inquérito que apura manifestações contrárias à democracia.

Agentes da Polícia Federal (PF) foram ao menos a quatro endereços no Rio e em Brasília (DF) ligados ao cantor e ao deputado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em nota, a PF diz que “o objetivo das medidas é apurar o eventual cometimento do crime de incitar a população, através das redes sociais, a praticar atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas Instituições, bem como contra os membros dos Poderes”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email